Logo Portal Ternura
07/08 - IBITINGA-SP
° °
Jótha Marthyns

Jótha Marthyns


Mulher no primeiro encontro intimo é espancada

Contatos imediatos pela Internet tem gerado muitas desilusões e sofrimentos entre homens e mulheres em buscas de aventuras


“A vida é a arte do encontro.” Às vezes encontros de amizade, às vezes encontros de amor, às vezes encontros dolorosos”.   - Vinícius de Moraes
 

Destaque com ampla cobertura  na imprensa nacional,  fato, ocorrido no dia 16/02, no Rio de Janeiro,  quando   mulher de 55 anos, empresaria paisagista, Elaine Perez Caparroz,  foi vítima de violenta agressão, uma tentativa de feminicídio, sendo  espancada por quatro horas seguidas, no  primeiro encontro dentro de seu apartamento  e na sua cama. A mulher teve o rosto desfigurado com  dente quebrado, por agressões a socos além de  sofrer  hematomas em  várias partes do corpo,  infligindo  dor e sofrimentos.  Pela repercussão perante todo o País, o episódio ainda está escancarado reverberando   na mídia nacional, incluindo os sites de noticias,  com fotos dos personagens.  

Segundo relato da própria vitima, os encontros virtuais ocorreram por mais de oito meses pela Internet e  ela   fascinada pelo visual e envolvida pelo “papo de galanteador,  tipo 171”,  Vinícius Batista Serra, jovem de 27 anos  estudante de Direito.

Por todas estas razões, nada justifica a agressão sofrida por essa senhora afoita por aventura sexual.  A mídia divulga que ela é da “socialite” do Rio de Janeiro, pelo fato de residir em prédio de alto padrão e  luxo.

Ela empresaria paisagista   resolvida nos   seus  55 anos,  e mãe de um lutador, assumiu de sã consciência  o alto risco de colocar dentro de sua casa e na sua cama um cara de 27 anos, que apenas conheceu e relacionou-se  através da  internet,  com  início  particularmente intenso e encantador sonhando  “realizações de desejos inconscientes”

Certo que ela em  sensação afetiva experimentada por  mulheres   apaixonadas tipo “love bomb”. (love bomb’, literalmente, significa “bombardeio de amor”) Ela foi  literalmente, inundada de  êxtases  de delírios de  amor infindável e  borbulhante.  Triste the end.   Uma trepada fatídica, inesquecível. 

Por uma semana permaneceu no centro de tratamento intensivo e durante a internação, além dos cuidados clínicos diários, passou por avaliações constantes das equipes de cirurgia facial, odontologia, oftalmologia e neurocirurgia.

Tal qual esse “folhetim novelesco mexicano” já tivemos aqui por todo o ‘patropi’,  muitos desses casos explorados pela mídia investigativa e sensacionalista. Esses tipos de relacionamentos furtivos entre mulheres e homens  ávidos por aventuras que lhes rendam os prazeres do sexo, em  novas experiências, proliferam nas redes sociais da Internet.

Muitos desses episódios similares em vários países,   viraram  casos  de tragédias, de apuração de autorias de feminicidios.  Aqui, homens e mulheres  continuam desprezando  alertas dos perigos dos relacionamentos  virtuais imediatos em grau de buscar aventuras  hot sex. Algumas em castigo,  pagaram com a vida esses atos tresloucados em busca de amores e  paixões voluptuosas de  aventuras com intensas emoções,  envolvendo traições conjugais entre casais novos e até com algumas décadas de união.

Noves fora sobram nada. Nas redes, consumindo  conteúdo de relacionamentos ou pornográficos, as pessoas assumem a imagem do que quer ser e não exatamente daquilo que é, logo  nesse caso,  aqui exemplificado, uma mulher de 55 anos de idade,  mais do que adulta, expõe-se  perigosamente, acaba  oferecendo-se  no que deu. Subliminarmente, entenda-se nos dois sentidos o verbo “dar”. (“Ela dá... Ele come...”)

Essa mulher, por sorte sobreviveu as agressões  e dos  estragos   e pavor sofrido. Mas pagou alto preço moral e físico. Teve  exposição pública  de sua intimidade   em nível nacional, quiçá até internacional.  Foi espancada, gritou, sofreu tortura física e psicológica,  sem ter seus berros de socorro atendidos.

Ao contrário do que a vulgata psicanalítica pretende fazer crer, essa mulher, foi vitima de um jovem homem, universitário,   psicopata, com perfil sadomasoquista com péssimos antecedentes de violência física contra seu próprio pai. Proliferam nas redes sociais  homens e mulheres de  perfis de aparências impolutas.  Meras máscaras... Nesse mar de fantasias, excitação sexual esperma e sangue,  na  conclusão por culpas, a delegada que instaurou o inquérito policial, sustenta que “o delinquente é um homicida, mas tecnicamente não é, porque não matou ninguém”.

Mas independente disso, diante da lei,  o agressor deve ser julgado, com a garantia constitucional do contraditório, e pelo que parece, não há duvida de que será condenado pelo juíz singular, porque no caso não caracteriza crime de juri, mas pelas características do delito o réu deverá cumprir uma pena bem severa.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro, divulgou nota informando que Vinícius Batista Serra, acusado de agredir Elaine, está detido em prisão preventiva por tentativa de feminicídio, foi transferido para o Hospital Penal Psiquiátrico Roberto Medeiros, no Complexo Penitenciário de Gericinó (Bangu), zona oeste da cidade, para avaliação psiquiátrica. (Certeza, aqui, a clara tese da defesa)

Freud explica que o instinto sexual é uma força que nos excita e atua de forma contínua. Este instinto existe e atua de forma a realizar um determinado objetivo.  Então, o que sobra dessa violência sexual  incompreensível?  

Em tempo,  amigas feministas:  Fora do espaço estritamente académico, não é aqui neste singelo comentário que determino total culpa em sentenciação  definitiva para a personagem principal desta ocorrência policial. Tampouco pretendo abrir todos os segredos da mente humana  com uma única chave, mas deixo-os para outro ensaio.

Final. Minha sugestão é bastante razoável. Recomendo como complemento de leitura deste,  “As Relações entre o Nariz e os Órgãos Sexuais do Ponto de Vista Biológico”.

 

* Jótha Marthyns, 74 -  Jornalista,  editor MTB n.º 232/ SP, do Jornal A Tribuna, em Monte Alto/SP., Jornal A Tribuna Web Noticias. Colunista.  Youtuber.   Radialista,  apresentador do Jornal da Tarde na Rádio Cultura  AM. Palestrante, Publisher - Bacharel   em Direito/2012. Cavaleiro em Comenda outorgada pela Soberana Orden Militar y Hospitalaria de Caballeros y Damas Nobles de Andalucía del Infante  Don Fernando y Santa Eufemia. E-mail  [email protected]

Câmara Municipal de Ibitinga

Últimas colunas

Dr. André Forato Anhê

Dr. André Forato Anhê

O homem é o coronavírus do mundo*

O homem é o coronavírus do mundo*
Alessandra Augusto

Alessandra Augusto

Combatendo a violência contra a mulher

Combatendo a violência contra a mulher
Jótha Marthyns

Jótha Marthyns

E dai? Temos medidas de proteção social?

E dai? Temos medidas de proteção social?