Logo Portal Ternura
21/09 - IBITINGA-SP
° °
PG Nogueira

PG Nogueira


Star Wars: Os últimos Jedi - Emocionante e surpreendente


Sabe aquele filme que você sai do cinema e já quer pegar a fila para entrar de novo? É desse filme que se trata Star Wars Os últimos Jedi. 
Antes de falar um pouco do filme, é digno de nota dizer que o filme ultrapassou a faixa de 1 Bilhão em bilheterias pelo mundo, e atualmente ocupa o recorde de décima melhor bilheteria da história. Nada mal em Padawan?

Devo dizer que estou impressionado com o rumo que a nova trilogia tem tomado, abrindo possibilidades para novas histórias e fugindo da trama envolvendo a família Skywalker. É bem obvio que a Disney tem um produto e quer renovar sua franquia e aproveita-la ao máximo, talvez para os mais saudosistas isso seja algo ruim. Vejo positivamente, muito pelo modo e carinho pelo que a franquia vem sendo tratada, ainda mais nas mãos do talentoso diretor (e um do meus favoritos) J.J. Abrams.

O filme é incrível de muitas maneiras, ele consegue trazer uma nostalgia que agrada os novos e velhos fãs, principalmente sobre Luke Skywalker e Princesa Leia. A qual todos sabem é interpretada pela atriz Carrie Fisher que veio a falecer no ano de 2017. Por esse motivo algumas cenas tiveram que ser feitas por CGI (computação gráfica). O filme usa disso para dar um tom de poesia em toda cena em que ela aparece, fazendo disso uma homenagem a essa grande atriz.

O filme é muito equilibrado e temos grandes reviravoltas na trama, ou como gostamos de dizer ‘’plot Twists’’. Em geral tudo funciona bem, se fosse para resumir em uma palavra o filme ela seria emocionante.

 A dupla de protagonistas Kylo Ren e Rey evoluíram muito em relação ao filme anterior, e finalmente sabemos dos seus passados e convicções. Mas devo dizer que o arco da história de Finn (Jhon Boyega) me pareceu totalmente inútil e desinteressante, diferente do filme anterior onde ele realmente teve uma grande participação. Nesse filme me pareceu deslocado e com a adição de uma nova personagem Rose Tico (Kelly Marrie Tran), que também não somou nada a história, foi na minha opinião o ponto mais fraco do filme.
É muito bom ver uma nova legião de fãs surgindo graças a essa nova trilogia, e aprendendo a gostar do que nós já amamos a tanto tempo. Realmente foi um presente para os fãs esse filme, onde nos despedimos de personagens que nos emocionaram tantas vezes e vamos abraçando essa nova onda Star Wars de novos personagens que vão chegando. E cabe a nós meros espectadores a fácil tarefa de aproveitar, e ‘’Que a força esteja com você’’ para aguentar a espera para o desfecho dessa maravilhosa história.

Câmara Municipal de Ibitinga

Últimas colunas

José de Paiva Netto

José de Paiva Netto

As graves consequências dos diversos tipos de suicídio

As graves consequências dos diversos tipos de suicídio
Antonio Tuccílio

Antonio Tuccílio

Precatórios: o calote precisa ter fim

Precatórios: o calote precisa ter fim
José de Paiva Netto

José de Paiva Netto

Sustentabilidade pela Economia Celeste

Sustentabilidade pela Economia Celeste