Logo Portal Ternura
30/09 - IBITINGA-SP
° °
Psicóloga Talita Andrade Deltorto

Psicóloga Talita Andrade Deltorto


A adaptação escolar é um desafio para a criança e também para os pais


A chegada de um filho traz muitas inseguranças, responsabilidade  e culpas.

A cada fase um novo progresso uma nova conquista e o desenvolvimento vai exigindo que  todos os membros da família consigam lidar com adaptações.

Chega um momento onde os pais deparam-se com o questionamento do seu filho ir ou não para a escolinha e foi pensando em falar um pouco sobre esse momento e aliviar as angústias que como pais carregamos quando chega a hora de tomar essa importante decisão que decidi abordar esse assunto.

Há um tempo atrás as crianças iam para a escola com 4 ou 5 anos e passavam os primeiros ano de vida em casa. Acontece que também há alguns anos atrás as famílias eram mais numerosas, as mães muitas vezes tinham trabalhos que podiam ser desempenhados dentro de suas casas ou mesmo não tinham uma ocupação no mercado de trabalho e isso permitia que tivessem esse tempo para estar com as crianças em casa.

Também não haviam tantas preocupações e medos em deixar os filhos brincando na casa de amigos, vizinhos e primos. As crianças podiam brincar, correr e aprender muitas coisas com a convivência com irmãos e amigos.

Hoje os tempos são outros, as mães são também co-participantes da renda familiar, tem uma profissão e precisam voltar ao mercado de trabalho, sair de casa sem supervisão é algo que representa perigo e as crianças acabam ficando trancadas dentro de casa na T.V, tablets, smartphones. Dentro desse contexto a oportunidade de desenvolver habilidades de socialização, de ter contato com os pares (crianças da mesma idade) ou crianças maiores, de aprender e desenvolver habilidades brincando e se exercitando a escola tem muito a oferecer para as crianças.

Muitos pais questionam qual a melhor idade para se colocar um filho na escola. E a resposta a essa pergunta é muito relativa. Para cada família o momento acontece em tempos diferentes.

É válido lembrar que nos primeiros meses de vida até completar o 1° ano a criança necessita de um cuidado maior, nesse momento criam- se vínculos muito importantes e a criança tem uma dependência muito maior de seus cuidadores.

Mesmo assim há famílias que precisam colocar as crianças na escola antes de completar 1 ano de idade e se essa é a sua necessidade não se culpe, seja paciente e tolerante e aproveitem o tempo que tiverem juntos mesmo que seja no final do dia. Caso você possa ficar com o seu bebê até completar o 1 ano de vida curta e aproveite esse momento junto a ele.

A ida para a escola é permeada de muitas culpas, medos e angústias. A criança não entende muito o que está acontecendo, mas é um processo dolorido para ela essa nova adaptação, o que vale  lembrar é que mesmo sendo mais difícil para umas crianças do que para outras é um processo necessário.

O choro acontece e é esperado, contudo o autocontrole dos pais nesse momento é fundamental. Por esse motivo é recomendado conhecer a escola, ter um bom vínculo com os professores e cuidadores, para aqueles que optam por escolinhas particulares é muito importante pesquisa a instituição, identificar quais são os valores que a escola defende, se é uma escola religiosa ou laica, qual a metodologia empregada para os primeiros anos de vida, conheça, entenda para que você fique o mais tranquilo possível para deixar seu bem mais precioso aos cuidados dessa instituição!

As escolas, os professores estão preparados para acolher as crianças com ou sem o choro então é importante dar-lhes espaço para fazer esse processo de adaptação junto ao seu filho!   

Muitas questões referentes a dúvida de manter ou não a criança na escola caso ela chore muito também aparecem, entenda que se você colocar a criança e depois retirá-la nessas condições estará impedindo que ela aprenda a lidar com as frustrações, a administrar suas angústias, estará tirando dela a sensação de se sentir capaz de enfrentar situações difíceis e isso irá repercutir ao longo de uma vida inteira não somente na infância, mas principalmente na vida adulta.

Pais sejam pacientes, amorosos e firmes nesse momento que será de crescimento para vocês e seus filhos!

 

Um grande abraço da psi...e uma boa adaptação a todos!

 

Psicóloga Talita Andrade Deltorto #Crianscendocriança
LUDOTERAPIA (Atendimento da criança e da família.).
Agendamentos: (16)99158-4014
FACEBOOK: Psicóloga Talita Andrade Deltorto

Câmara Municipal de Ibitinga

Últimas colunas

Isabela Manchini

Isabela Manchini

LGBTQI+ NA ESCOLA: RESPEITO É DEVER DE TODOS!

LGBTQI+ NA ESCOLA: RESPEITO É DEVER DE TODOS!
Maria Eugênia Pinheiro Sena da Silva

Maria Eugênia Pinheiro Sena da Silva

Eleições, voto e título de eleitor: questionamentos frequentes

Eleições, voto e título de eleitor: questionamentos frequentes
Isabela Manchini

Isabela Manchini

Abuso sexual de crianças e adolescentes: Algumas observações

Abuso sexual de crianças e adolescentes: Algumas observações