Governo de SP anuncia investimento recorde de R$ 200 milhões em projetos culturais

Programas de fomento ProAC Expresso Editais, ProAC Expresso Direto e Juntos pela Cultura têm aportes superiores aos de 2020 e novas linhas.

Compartilhe:


Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

 

O Governador João Doria anunciou nesta terça-feira (11) investimento recorde de R$ 200 milhões para 9.340 projetos de artistas, produtores culturais e prefeituras, que serão selecionados por chamadas públicas e curadorias independentes.

O objetivo é estimular a retomada das atividades culturais e criativas, fortemente impactadas pela crise gerada pela pandemia do coronavírus, e incentivar a geração de renda, emprego e desenvolvimento.

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa estima gerar 138 mil postos de trabalho e um impacto econômico de R$ 300 milhões.

“Aqui em São Paulo a cultura não parou, não foi prejudicada em investimentos, ao contrário, estamos aqui para anunciar o maior investimento já realizado por um estado brasileiro para a cultura. São R$ 200 milhões apenas neste ano de 2021”, afirmou Doria.

São três programas de fomento articulados e complementares: ProAC Expresso Editais, ProAC Expresso Direto e Juntos pela Cultura, com investimento recorde de R$ 182 milhões em recursos próprios do Governo de São Paulo. Este é o maior conjunto de programas de fomento à cultura em nível estadual no país e o maior investimento em produção cultural realizado por um estado brasileiro.

Além disso, o Governo de São Paulo obteve uma liminar que autoriza o uso dos recursos da Lei Aldir Blanc revertidos dos municípios ao Estado. Serão R$ 18 milhões para 11 linhas de prêmios nas áreas de teatro, dança circo, literatura, artes visuais, música, audiovisual e Pontos de Cultura.

ProAC Expresso Editais

O ProAC Expresso Editais tem este ano o valor recorde de R$ 60 milhões, sendo R$ 49,84 milhões para projetos que serão selecionados em 2021; R$ 7,1 milhões para as segundas parcelas dos projetos selecionados em 2020 e R$ 2,1 milhões para o pagamento dos 175 profissionais que formarão as comissões de seleção e demais custos administrativos.

São 36 linhas, entre elas três novas: uma voltada para projetos culturais relacionados ao Centenário da Semana de 22, outra para propostas relativas ao Bicentenário da Independência do Brasil e a última para primeiras obras de artistas iniciantes. Os editais contemplam ações locais em favelas e periferias para projetos de artistas, espaços culturais e organizações sociais. Também agraciam projetos culturais locais no interior e litoral, abrangendo as regiões do Pontal do Paranapanema, Baixada Santista e Vale do Ribeira.

As demais linhas se dirigem a áreas como teatro, dança, audiovisual, literatura, música e espetáculos para o público infanto-juvenil, além de apresentações online que serão exibidas na plataforma de streaming #CulturaEmCasa. Criada em 2020 com o objetivo de ampliar a difusão cultural virtual, em um ano a plataforma alcançou a marca de 5,4 milhões de visualizações em cerca de três mil conteúdos, empregando sete mil artistas e seis mil produtores e técnicos.

ProAC Expresso Direto

O ProAC Expresso Direto, que substitui o ProAC Expresso ICMS, de incentivo fiscal à cultura, mantém o mesmo valor de investimento de R$ 100 milhões e o mesmo perfil do anterior. São quatro linhas: Projetos Aprovados no ProAC ICMS com Recursos Captados em 2020 e 2019; Projetos Sem Captação no ProAC ICMS; Prêmio para Profissionais do Setor Cultural e Criativo e Prêmio para Espaços Culturais e Criativos.

Juntos pela Cultura

A Secretaria também anunciou a edição 2021 do Juntos pela Cultura, programa de fomento e difusão online e presencial que tem perfil municipalista e envolve parcerias com prefeituras. A iniciativa, realizada com a Secretaria de Desenvolvimento Regional e com gestão e produção da Organização Social Amigos da Arte, inclui ações como Virada SP, Circuito SP, Tradição SP e Revelando SP.

Neste ano, vem com quatro novas linhas, entre elas a #ArteUrbanaSP, dirigida a municípios para apoio à realização de murais de arte urbana e composição de galerias a céu aberto, e o #MaisGestãoSP, de capacitação em políticas públicas para a economia criativa voltado a gestores públicos municipais.

São 12 linhas ao todo, sendo sete para municípios, quatro para artistas e uma para organizações, com um valor total de R$ 20 milhões, sendo R$ 10,6 milhões para chamadas públicas. A estimativa é beneficiar mais de quatro mil artistas, dois mil técnicos e 164 municípios em 962 propostas artísticas.

Comemorações do centenário da Semana de Arte Moderna

Também foi lançado nesta terça-feira o projeto “Modernismo Hoje”, coordenado pelas Secretarias de Cultura e Economia Criativa e de Turismo. Serão mais de 100 iniciativas no período entre julho de 2021 e dezembro de 2022 para celebrar o legado da Semana de Arte Moderna de 1922. As 60 instituições, corpos artísticos, espaços e programas culturais do Estado participarão das comemorações.

A proposta é valorizar a Semana de 22 e seu impacto na produção cultural, estimular a reflexão e destacar o papel de São Paulo no modernismo. Haverá ainda ação contínua de articulação do Governo de São Paulo com as Prefeituras, com o setor de turismo e instituições culturais privadas e entidades e organizações da sociedade civil.

O resumo com as informações anunciadas durante a entrevista coletiva desta terça-feira está disponível nos links:
https://issuu.com/governosp/docs/ppt_coletiva_fomento__1_
https://issuu.com/governosp/docs/ppt-semana-de-22__1_-convertido__1_

 

 

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Cultura

Orquestra Tom Jobim abre a temporada com clássicos nacionais

Orquestra Tom Jobim abre a temporada com clássicos nacionais

Orquestra Tom Jobim abre a temporada com clássicos nacionais

Espetáculo teatral online discute realidade de territórios paulistanos

Espetáculo teatral online discute realidade de territórios paulistanos

Fábricas de Cultura promovem atividades musicais pelas redes sociais

Fábricas de Cultura promovem atividades musicais pelas redes sociais

Pinacoteca e OSGEMEOS apresentam a série documental sobre o Hip Hop no Brasil

Pinacoteca e OSGEMEOS apresentam a série documental sobre o Hip Hop no Brasil

Mais notícias sobre Cultura

Orquestra Tom Jobim abre a temporada com clássicos nacionais

Orquestra Tom Jobim abre a temporada com clássicos nacionais

Orquestra Tom Jobim abre a temporada com clássicos nacionais

Espetáculo teatral online discute realidade de territórios paulistanos

Espetáculo teatral online discute realidade de territórios paulistanos

Fábricas de Cultura promovem atividades musicais pelas redes sociais

Fábricas de Cultura promovem atividades musicais pelas redes sociais

Pinacoteca e OSGEMEOS apresentam a série documental sobre o Hip Hop no Brasil

Pinacoteca e OSGEMEOS apresentam a série documental sobre o Hip Hop no Brasil

Publicidade