Logo Portal Ternura
03/04 - IBITINGA-SP
° °

Brasil não alivia, passa pela Argentina e segue invicto na liderança da Copa do Mundo de vôlei

Com mais um ótimo desempenho, seleção brasileira vence vizinhos por 3 a 0 (25/19, 25/19 e 26/24), emplaca sexta vitória e se mantém imbatível na ponta da competição no Japão


O Brasil segue implacável na Copa do Mundo de vôlei. Em duelo disputado nesta quarta-feira em Hiroshima, a seleção brasileira masculina derrubou o selecionado argentino por 3 a 0 (parciais de 25/19, 25/19 e 26/24) e cravou seu sexto triunfo, mantendo a invencibilidade e a liderança isolada da competição realizada no Japão.

Os Estados Unidos são o próximo desafio brasileiro, quinta-feira, a partir das 6h (novamente com transmissão do SporTV 2).

O jogo

Com o central Flávio em lugar de Maurício Souza, a equipe nacional começou forte e rapidamente colocou confortável vantagem, indo para a primeira parada técnica com 8/4 a favor e com 16/11 para a segunda. Além do intenso volume de jogo, com Alan e Leal já quentes, o Brasil se aproveitou dos seguidos erros de saques do adversário para resolver o set de abertura por 25/19 depois de um bloqueio de Lucarelli.

O cenário inicial da segunda parcial foi bem diferente, com o time da Argentina dando muito calor. O ímpeto dos Hermanos, porém, durou bem pouco, e logo a seleção retomou as rédeas, virou e abriu três de frente (8/5). Com o passe entrando certinho, Bruninho serviu com muita qualidade os companheiros, e o Brasil seguiu absoluto em quadra, fazendo 2 a 0 no placar após finalizar a parcial novamente em 25/19.

Leal foi peça decisiva no ataque, inclusive fechando o jogo com um bale ace — Foto: Divulgação / FIVB

Leal foi peça decisiva no ataque, inclusive fechando o jogo com um bale ace

A boa vantagem parece ter relaxado a equipe brasileira, que viu os oponentes abrirem 6/1 no começo do terceiro set. O saque argentino passou a entrar, dificultando a recepção dos comandados de Renan dal Zotto. A ótima passagem de Alan no serviço, porém, fez com que o Brasil se recuperasse, reduzisse para 6/5 e entrasse novamente na parcial. A Argentina, entretanto, dava mais trabalho e levou o placar de 16/15 a favor para a segunda parada técnica. Na base da paciência, a seleção virou o jogo e pôs dois pontos de frente (18/16), mas os argentinos deram o troco e fizeram 24/23, ficando a um passo de fechar o set. O Brasil, no entanto, disse não. Foi atrás, virou novamente e, com um ace espetacular de Leal, liquidou a fatura em 26/24.

O Brasil começou jogando com Bruninho, Lucarelli, Alan, Leal, Lucão e Flávio, além do líbero Thales. Entraram no decorrer Maurício Borges, Isac, Fernando Cachopa e Felipe Roque.

Outros resultados

Canadá 3 x 2 Tunísia - 25/20, 20/25, 29/27, 20/25 e 15/12
Itália 3 x 0 Egito - 25/19, 25/21 e 25/22
Polônia 3 x 1 Rússia - 25/27, 25/21, 25/18 e 25/22
EUA 3 x 1 Irã - 25/18, 22/25, 25/18 e 25/12

Fonte:https://globoesporte.globo.com/volei/noticia/brasil-nao-alivia-passa-pela-argentina-e-segue-voando-invicto-na-lideranca-da-copa-do-mundo.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

Coronavírus: Califórnia proíbe eventos de combate até o fim de maio; UFC San Diego é afetado
há 9 horas atrás

Coronavírus: Califórnia proíbe eventos de combate até o fim de maio; UFC San Diego é afetado

Coronavírus: Califórnia proíbe eventos de combate até o fim de maio; UFC San Diego é afetado
Para ajudar F1, Silverstone poderia realizar mais de uma corrida (e até com traçado reverso)
há 9 horas atrás

Para ajudar F1, Silverstone poderia realizar mais de uma corrida (e até com traçado reverso)

Para ajudar F1, Silverstone poderia realizar mais de uma corrida (e até com traçado reverso)
Chefe de Wimbledon torce pela volta do tênis em agosto, mas admite chance de não ter mais jogos em 2
há 9 horas atrás

Chefe de Wimbledon torce pela volta do tênis em agosto, mas admite chance de não ter mais jogos em 2

Chefe de Wimbledon torce pela volta do tênis em agosto, mas admite chance de não ter mais jogos em 2020
Reflexivo em meio à pandemia, Hamilton afirma que raça humana perdeu o controle
há 9 horas atrás

Reflexivo em meio à pandemia, Hamilton afirma que raça humana perdeu o controle

Reflexivo em meio à pandemia, Hamilton afirma que raça humana perdeu o controle
Lenda do skate, Jeff Grosso morre aos 51 anos. Tony Hawk faz tributo:
há 9 horas atrás

Lenda do skate, Jeff Grosso morre aos 51 anos. Tony Hawk faz tributo: "Imensa tristeza"

Lenda do skate, Jeff Grosso morre aos 51 anos. Tony Hawk faz tributo: "Imensa tristeza"