Logo Portal Ternura
01/10 - IBITINGA-SP
° °

No Corinthians, Ramiro cresce ao reviver parceria vitoriosa com Luan: "Sei os movimentos dele"

Juntos, os dois conquistaram quatro títulos com a camisa do Grêmio de 2016 a 2018


O elenco de 2020 do Corinthians promoveu um reencontro vitorioso: o meia Ramiro e o atacante Luan têm juntos uma trajetória de sucesso no Grêmio, com quatro títulos conquistados de 2016 a 2018. E agora, com a chegada de Luan, o futebol de Ramiro já parece evoluir no Timão: ele foi um dos melhores nomes da equipe no Torneio da Flórida.

Jogador do Grêmio de 2013 a 2018, Ramiro foi contratado pelo Tricolor Gaúcho como volante, mas encontrou seu posicionamento ideal com a chegada de Renato Portaluppi ao clube, em 2016, quando passou a atuar como meia avançado pela direita – por vezes, quase um ponta.

Foi justamente neste momento que Ramiro passou a tramar mais jogadas com Luan no Grêmio, especialmente nos títulos da Copa do Brasil de 2016 e da Libertadores da América de 2017.

– Eu e Luan temos um entrosamento de muito tempo. Conheço ele em campo, vamos dizer assim, "de cabo a rabo". Sei os movimentos dele, sei onde gosta de receber a bola. E com ele acontece da mesma forma. Vamos juntos procurar fazer o nosso melhor, que é o principal de tudo, para ajudar o Corinthians – disse Ramiro.

Os títulos de Ramiro e Luan juntos no Grêmio:

  • Copa do Brasil (2016)
  • Libertadores (2017)
  • Recopa Sul-Americana (2018)*
  • Campeonato Gaúcho (2018)

* Ramiro foi inscrito no torneio pelo Grêmio, mas, suspenso pela Conmebol, não jogou nenhuma das duas finais contra o Independiente, da Argentina.

Ramiro e Luan com a camisa Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Ramiro e Luan com a camisa Grêmio — ( Reprodução - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio )

Reedição no Corinthians

No Corinthians, já foi possível observar a dupla atuando assim nos dois primeiros jogos da temporada. Eles foram titulares em ambos e fizeram os três gols do Timão na competição.

Ramiro ficou posicionado mais pela direita, como nos tempos de Grêmio, e foi por ali que aproveitou cruzamento de Lucas Piton para marcar o gol da equipe na derrota para o Atlético Nacional, da Colômbia.

Luan brilhou na estreia. Contra o New York City, marcou um bonito gol de falta e depois fez outro de fora da área. O novo camisa 7 atuou com bastante liberdade no setor de meio e ataque e promete ser um dos grandes protagonistas do Corinthians na temporada, como foi no Grêmio.

A dupla deve seguir junta na estreia do Corinthians no Campeonato Paulista – quinta-feira, às 21h30, contra o Botafogo-SP, na Arena. E Ramiro precisará mostrar muito futebol para seguir no time. Pedrinho, um teórico titular corintiano, está com a seleção brasileira no torneio pré-olímpico.

Fonte:https://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/no-corinthians-ramiro-cresce-ao-reviver-parceria-vitoriosa-com-luan-sei-os-movimentos-dele.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

City comprou 9 dos 20 defensores mais caros do futebol
há 54 minutos atrás

City comprou 9 dos 20 defensores mais caros do futebol

City comprou 9 dos 20 defensores mais caros do futebol
Confira os resultados da rodada da Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Libertadores
há 3 horas atrás

Confira os resultados da rodada da Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Libertadores

Confira os resultados da rodada da Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Libertadores
Confira os resultados da rodada do Brasileirão
há 3 horas atrás

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão
Liga francesa diz que
há 13 horas atrás

Liga francesa diz que "não há provas convincentes" e absolve Neymar e Álvaro González

Liga francesa diz que "não há provas convincentes" e absolve Neymar e Álvaro González
Jon Jones
há 13 horas atrás

Jon Jones "enquadra" Israel Adesanya após provocação: "Hoje eu arrancaria um de seus braços"

Jon Jones "enquadra" Israel Adesanya após provocação: "Hoje eu arrancaria um de seus braços"