Logo Portal Ternura
11/08 - IBITINGA-SP
° °

Vanderlei Luxemburgo deixa o Vasco e não será o treinador da equipe em 2020

O treinador comandou o Cruz-Maltino em 2019 em 34 jogos: 12 vitórias, 12 empates e 10 derrotas


Vanderlei Luxemburgo não será o técnico do Vasco em 2020. O treinador, que assumiu a equipe durante o Campeonato Brasileiro e foi decisivo na luta contra o rebaixamento, tomou a decisão nesta sexta-feira. Ele e o Cruz-Maltino se reuniram algumas vezes, mas não chegaram a um acordo para a próxima temporada.

Em suas redes sociais, Luxemburgo agradeceu à torcida do Vasco, aos funcionários e aos jogadores pela manutenção da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro (leia a íntegra abaixo).

- Saio com o sentimento de ter contribuído para mais um momento importante da vida desse Gigante e a partir desse instante, como acabo de encerrar as negociações para a renovação do contrato, para que cada um possa seguir o seu caminho - escreveu o treinador.

Em nota oficial (leia a íntegra abaixo), o Vasco afirmou ter feito todos os esforços para manter Luxemburgo, porém alegou priorizar uma política de austeridade. O clube prometeu anunciar em breve o novo treinador.

Luxemburgo foi contratado no início do Campeonato Brasileiro pelo Vasco com a missão de salvar a equipe do rebaixamento, já que na época tinha apenas um ponto conquistado em cinco jogos disputados. Fez mais: levou o Cruz-Maltino à Sul-Americana, terminando o Brasileirão com 49 pontos, na 12ª colocação.

Vanderlei Luxemburgo deixa o Vasco — Foto: André Durão

Vanderlei Luxemburgo deixa o Vasco — ( Reprodução - André Durão )

O treinador comandou o Vasco em 34 jogos: 12 vitórias, 12 empates e 10 derrotas. Graças ao bom desempenho, o relacionamento com a torcida e o trabalho realizado internamente, Luxemburgo era o plano A da diretoria para 2020.

Além da importância em campo, Luxemburgo teve papel decisivo nos bastidores na atual temporada, como costumam externar os jogadores em entrevistas. O treinador também participou diretamente de conversas para contratar o volante Fredy Guarín e ajudou a "blindar" o elenco de problemas financeiros, por exemplo.

Leia a nota escrita por Vanderlei Luxemburgo:

"Após oito meses e com enorme sentimento de gratidão e respeito, quero agradecer ao CR Vasco da Gama e sua torcida, sei que construímos uma relação calcada em confiança e respeito mútuo.

Cada dificuldade nos fortaleceu, mas os gestos de carinho do torcedor para comigo só me fez perceber o quanto o futebol ainda está vivo dentro de todos nós.

Parabéns torcida vascaína, vocês nos ajudaram muito na manutenção da equipe na primeira divisão, lugar do Vasco da Gama, quero agradecer também aos funcionários do Clube, aos atletas e a direção, a convivência e o trabalho foram maravilhosos.

Saio com o sentimento de ter contribuído para mais um momento importante da vida desse Gigante e a partir desse instante, como acabo de encerrar as negociações para a renovação do contrato, para que cada um possa seguir o seu caminho.

Para deixar claro, a minha proposta de renovação, não teve como principal aspecto o lado financeiro.

Sei das dificuldades financeiras do Vasco da Gama e fiz uma proposta dentro da realidade que eu entendo não afetar o lado financeiro Clube, porém pelo trabalho realizado esse ano, que para um clube do tamanho do Vasco da Gama foi pouco, sou ambicioso e me permito pensar grande, tenho objetivo de buscar sempre conquistas e títulos, o que me faz pensar no todo, por isso preferi deixar o presidente a vontade.

Por responsabilidade sei que o trabalho para 2020 começa imediatamente, não posso deixar essa situação se arrastar e prejudicar o Vasco.

Muito obrigado a todos.

Vanderlei Luxemburgo"

 

Nota do Vasco:

"O Club de Regatas Vasco da Gama comunica nesta sexta-feira (13/12) que o técnico Vanderlei Luxemburgo não seguirá à frente do time na temporada de 2020.

O Clube agradece o profissional pelo trabalho realizado durante sua passagem pelo Cruzmaltino. Vanderlei foi, sob diversos aspectos, um importante parceiro da Diretoria Administrativa e do grupo de atletas.

Sob o comando do treinador, o Vasco disputou 37 jogos, com 15 vitórias, 12 empates e 10 derrotas, terminando o Campeonato Brasileiro na 12ª colocação.

O Clube fez todos os esforços necessários para que o técnico permanecesse, sem, no entanto, abrir mão de sua política financeira austera.

Em breve, o Club de Regatas Vasco da Gama irá anunciar o nome do novo técnico".

Fonte:https://globoesporte.globo.com/futebol/times/vasco/noticia/vanderlei-luxemburgo-nao-sera-treinador-do-vasco-em-2020.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

Próxima meta de Cássio é superar Rivellino em jogos no Corinthians; veja o top-10
há 14 horas atrás

Próxima meta de Cássio é superar Rivellino em jogos no Corinthians; veja o top-10

Próxima meta de Cássio é superar Rivellino em jogos no Corinthians; veja o top-10
Felipe Melo, do Palmeiras, valoriza primeiro título da carreira como capitão:
há 14 horas atrás

Felipe Melo, do Palmeiras, valoriza primeiro título da carreira como capitão: "Sonho realizado"

Felipe Melo, do Palmeiras, valoriza primeiro título da carreira como capitão: "Sonho realizado"
Medalhista olímpico critica a
há 14 horas atrás

Medalhista olímpico critica a "cultura do abuso" da ginástica britânica

Medalhista olímpico critica a "cultura do abuso" da ginástica britânica
Apresentado, Yuri Alberto projeta disputa no ataque do Inter e sonha com gol em Gre-Nal
há 14 horas atrás

Apresentado, Yuri Alberto projeta disputa no ataque do Inter e sonha com gol em Gre-Nal

Apresentado, Yuri Alberto projeta disputa no ataque do Inter e sonha com gol em Gre-Nal
Brawn revela que Hulk era
há 14 horas atrás

Brawn revela que Hulk era "plano B" da Mercedes caso Hamilton não assinasse: "Deveria estar na F1"

Brawn revela que Hulk era "plano B" da Mercedes caso Hamilton não assinasse: "Deveria estar na F1"