Logo Portal Ternura
10/07 - IBITINGA-SP
° °

Vitor Belfort quer fazer dupla com Mike Tyson em evento de luta-livre nos Estados Unidos

Brasileiro acompanhou evento de pro-wrestling no último sábado e se empolgou com a ideia de fazer uma parceria com o ex-campeão de boxe


Mike Tyson vem causando alvoroço no mundo das lutas desde que apareceu em um vídeo treinando com Rafael Cordeiro e sinalizando seu retorno ao boxe. Até o BKFC, uma organização de boxe sem luvas, já fez uma proposta milionária ao ex-campeão, onde ele poderia ter Wanderlei Silva como adversário. Quem também está de olho no retorno da lenda é Vitor Belfort.

No último sábado, Belfort acompanhou bem de perto o "Double or Nothing", evento de pro-wrestling da AEW (All Elite Wrestling) que foi realizado em Jacksonville, na Flórida. Tyson também esteve por lá, onde fez uma participação especial no show, em um segmento após uma luta.

Mike Tyson treina com VItor Belfort nos EUA — Foto: Reprodução / Instagram

Mike Tyson treina com VItor Belfort nos EUA — Foto: Instagram 

A presença do ex-campeão mundial de boxe, por sinal, deu uma ideia ao brasileiro.

- Eu acho que a AEW deveria colocar Mike e eu em uma luta de duplas contra dois dos campeões deles. Tony (Khan), o dono da AEW, é um grande amigo meu. Pra mim, esta é uma ótima ideia e estou aberto a isso.

O universo do pro-wrestling não é uma novidade para Tyson, que fez algumas aparições na WWE, sendo inclusive indicado ao Hall da Fama da companhia em 2012.

- Teremos os dois campeões mais jovens dos esportes de combate contra os dois mais jovens campeões da AEW – se empolgou o brasileiro.

Belfort comentou também a possibilidade de ver o astro de volta aos ringues aos 53 anos.

- Eu acho que (lutar novamente) é uma decisão que o Mike tem que tomar por si mesmo. É preciso muita coragem para pisar novamente no ringue, especialmente nesta idade. Eu o admiro por sua bravura e lhe desejo muita sorte. Ele precisa treinar de maneira inteligente, porque o que costumava funcionar pra ele antes pode não funcionar agora. Este é um novo terreno que ele está descobrindo, e é uma jornada maravilhosa.

- Ele precisa tomar uma decisão inteligente. O adversário certo é a chave. Ele precisa de um oponente que traga valor de mercado, não só um adversário que vai tentar fazer algum dinheiro.

Aos 43 anos, Vitor Belfort está sem lutar desde maio de 2018. O “Fenômeno”, que assinou contrato com o ONE Championship, deve fazer sua estreia na organização ainda este ano, provavelmente contra o camaronês Alain Ngalani.

Fonte:https://globoesporte.globo.com/combate/noticia/vitor-belfort-quer-fazer-dupla-com-mike-tyson-em-evento-de-luta-livre-nos-estados-unidos.ghtml


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Esportes

mais notícias

Dez mais: os pilotos que tiveram maior intervalo entre a primeira e a última vitórias na F1
há 20 horas atrás

Dez mais: os pilotos que tiveram maior intervalo entre a primeira e a última vitórias na F1

Dez mais: os pilotos que tiveram maior intervalo entre a primeira e a última vitórias na F1
Estrela da WNBA questiona dirigente do seu clube que se opõe às ações antirracistas da liga
há 20 horas atrás

Estrela da WNBA questiona dirigente do seu clube que se opõe às ações antirracistas da liga

Estrela da WNBA questiona dirigente do seu clube que se opõe às ações antirracistas da liga
Confira os resultados da rodada dos Estaduais
há 22 horas atrás

Confira os resultados da rodada dos Estaduais

Confira os resultados da rodada dos Estaduais
Arthur, Pjanic e mais: veja 13 reforços para a próxima temporada na Europa
há 1 dia atrás

Arthur, Pjanic e mais: veja 13 reforços para a próxima temporada na Europa

Arthur, Pjanic e mais: veja 13 reforços para a próxima temporada na Europa
Em 1990, Capelli quase fez milagre em Paul Ricard, mas Prost deu à Ferrari 100ª vitória
há 1 dia atrás

Em 1990, Capelli quase fez milagre em Paul Ricard, mas Prost deu à Ferrari 100ª vitória

Em 1990, Capelli quase fez milagre em Paul Ricard, mas Prost deu à Ferrari 100ª vitória