Sindicato Rural é destaque na região por sua parceria com Sistema FAESP-SENAR-SP

Vários cursos serão ministrados no ano de 2021; dois já estão marcados para abril: “Jardineiro – Condução, manutenção e reforma” e “Agrotóxico - Uso Correto e Seguro – NR 31.8”.

Compartilhe:


Foto: Divulgação/Sindicato Rural de Ibitinga e Tabatinga

 

O Sindicato Rural de Ibitinga com extensão de base em Tabatinga, por intermédio de seu presidente, Sérgio Quinelato juntamente com sua diretoria executiva em parceria com o Sistema FAESP/SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado de São Paulo) ingressou o ano com diversas oportunidades. Diante de uma pandemia desenfreada e com o aumento do índice de desemprego no país, a busca por capacitação se tornou indispensável para os trabalhadores se manterem no mercado de trabalho.

Há várias décadas o Sindicato Rural segue em parceria com SENAR-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado de São Paulo). Nos últimos três anos (2018-2020), a entidade já qualificou mais de 900 pessoas e realizou mais de 100 ações e atividades de formação profissional rural e promoção social. Só no ano de 2019 ultrapassou a faixa de 32 cursos e 290 alunos.

A relação de cursos da sede de Ibitinga do Sindicato Rural e de sua extensão de base em Tabatinga foi divulgada no começo do ano. Por causa da pandemia do Covid-19 que ainda enfrentamos diversas medidas foram tomadas como: número de participantes reduzidos, uso obrigatório de máscaras, higienização do ambiente, distanciamento entre as pessoas, disponibilização de álcool em gel, etc.

De acordo com a coordenadora de cursos do Sistema FAESP/SENAR-SP de Ibitinga e Tabatinga, Rosilene de Fátima da Silva (conhecida como Rosi), os treinamentos ajudam aqueles que precisam se qualificar. “Acredito que todo conhecimento é fundamental para o meio rural. É através dos treinamentos oferecidos que contribuímos para a renda no campo, a preservação e a geração dos recursos naturais. Portanto, todos os programas têm papel fundamental no desenvolvimento econômico e social no campo. Além disso, alguns cursos, como o da norma NR 31.8 é medida obrigatória para o trabalhador da área”, finaliza Rosi.

Vale ressaltar que integrado ao sistema FAESP, o SENAR já qualificou mais de 4 milhões de pessoas (1993-2018). As ações e atividades institucionais são realizadas de forma teórica atrelada a prática preferencialmente no espaço rural, nos locais de trabalho, de vivência do produtor, do trabalhador rural e familiares. Mas, para que tudo isso seja possível, o SENAR-SP conta com a colaboração dos inúmeros instrutores que atuam na missão de melhorar o dia a dia do agronegócio. Por isso, preza por profissionais qualificados e com planejamento para atender as diversas exigências do mundo rural.

O curso de “Agrotóxicos – Uso correto e seguro – NR-31.8” será ministrado nos dias 12 a 14 de abril. O objetivo é apresentar informações sobre o uso correto e seguro na manipulação de agrotóxicos adjuvantes e produtos afins, conforme a norma regulamentadora 31.8. No conteúdo programático os alunos poderão aprender sobre: saúde e segurança, agrotóxico e produtos afins, interpretação das informações do rótulo e da bula, formas de exposição e contaminação, utilização do equipamento de proteção individual (EPI), procedimentos na aquisição, transporte e armazenamento, preparo de calda e aplicação, devolução de embalagens vazias, primeiros socorros, etc. É importante salientar que existe a obrigatoriedade da capacitação para trabalhadores no manuseio de agrotóxicos e a carga horária total do treinamento é de 24 horas.

Já o curso de “Jardineiro – Condução, manutenção e reforma” será ministrado nos dias 19 a 22 de abril. O objetivo é ensinar técnicas de reforma, manutenção e condução de jardins com flores e plantas ornamentais de forma eficiente. No conteúdo programático serão abordados assuntos como: identificação das plantas e acessórios (gramados, forração, cerca viva, trepadeira e árvores ornamentais), jardim (limpeza e destinação de resíduos, irrigação, tutoramento, adubação, controle de pragas, doenças e planta invasoras e forramento e acabamento), vasos e jardineiras (tutoramento e adubação) reforma (controle de pragas, doenças e irrigação), poda (formação, condução, limpeza e produção) e formação e propagação de mudas (sexuada – sementes, assexuadas, estaquias, alporquia, mergulhia e enxertia). Enfim, com a carga horária de 32 horas, o curso de jardineiro tem grande importância e conteúdo bem abrangente.

Os interessados em participar dos cursos oferecidos pelo Sindicato Rural através de sua parceria com o Sistema FAESP/SENAR-SP, devem procurar a sede do sindicato localizado na rua Antonio G.B. de Paula, 149 – centro ou pelo telefone (16) 3342-2435 (falar com Rose). Lembrando que todos os cursos são gratuitos, incluindo a alimentação.

 

 

Fonte: Sindicato Rural de Ibitinga e Tabatinga

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Ibitinga

Vereador solicita atenção para a Avenida Setímio Montanari

Vereador solicita atenção para a Avenida Setímio Montanari

Vereador solicita atenção para a Avenida Setímio Montanari

Ibitinga registrou mais 01 óbito por Covid-19 neste final de semana; número total subiu para 136

Ibitinga registrou mais 01 óbito por Covid-19 neste final de semana; número total subiu para 136

Vereadores sugerem Projeto de Lei que regulamenta trabalho de Bombeiros Municipais

Vereadores sugerem Projeto de Lei que regulamenta trabalho de Bombeiros Municipais

Nesta segunda-feira (19), Ibitinga vacina idosos de 66 anos de idade contra a Covid-19

Nesta segunda-feira (19), Ibitinga vacina idosos de 66 anos de idade contra a Covid-19

Mais notícias sobre Ibitinga

Vereador solicita atenção para a Avenida Setímio Montanari

Vereador solicita atenção para a Avenida Setímio Montanari

Vereador solicita atenção para a Avenida Setímio Montanari

Ibitinga registrou mais 01 óbito por Covid-19 neste final de semana; número total subiu para 136

Ibitinga registrou mais 01 óbito por Covid-19 neste final de semana; número total subiu para 136

Vereadores sugerem Projeto de Lei que regulamenta trabalho de Bombeiros Municipais

Vereadores sugerem Projeto de Lei que regulamenta trabalho de Bombeiros Municipais

Nesta segunda-feira (19), Ibitinga vacina idosos de 66 anos de idade contra a Covid-19

Nesta segunda-feira (19), Ibitinga vacina idosos de 66 anos de idade contra a Covid-19

Publicidade