Logo Portal Ternura
22/01 - IBITINGA-SP
° °

Aluguel sobe 3,45% no primeiro semestre e fica acima da inflação

Índice FipeZap verifica preço médio em 11 cidades brasileiras; inflação no período foi de 2,23%



FipeZap: Florianópolis (9,20%) e Brasília (7,16%) tiveram as maiores altas do ano (Dado Galdieri/Bloomberg)

 

O valor médio do aluguel de imóveis no país subiu 0,36% em junho e completou o sétimo mês seguido de alta, segundo o Índice FipeZap. O indicador acompanha o preço médio de imóveis anunciados na plataforma para alugar em 11 cidades brasileiras.

Com isso, os aluguéis acumulam alta de 3,45% no primeiro semestre do ano, ficando acima da inflação no mesmo período, que foi de 2,23% pelo IPCA. Em 12 meses, o FipeZap aponta alta de 3,85% dos aluguéis, para uma inflação que foi de 3,37%.

Isso significa que os proprietários que alugam seu imóvel estão voltando, aos poucos, a ter ganhos reais, depois de momentos em que os reajustes não conseguiam recompor as perdas com a inflação. A inflação especialmente baixa tem ajudado a aliviar essas margens – em junho, ela foi praticamente zero (o IPCA avançou 0,01% no mês).

 

Preço por cidade

Em junho, 8 das 11 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap registraram alta acima da inflação do mês no preço do aluguel residencial, com destaque para Florianópolis (1,27%) e São Paulo (0,87%). As outras três tiveram queda: Rio de Janeiro (-0,08%), Recife (-0,43%) e Belo Horizonte (-0,52%).

No semestre, Florianópolis (9,20%) e Brasília (7,16%) lideram as altas, enquanto Salvador (1,58%) e Belo Horizonte (1,62%) têm as variações mais baixas. Em São Paulo, o preço médio do aluguel subiu 4,74% no semestre e, no Rio de Janeiro, 1,75%.

Quanto menor a variação, maior tende a ser o poder de barganha do locatário na hora de negociar o preço ao alugar um imóvel ou renovar o contrato.

A seguir, confira o preço médio do metro quadrado anunciado para locação e a variação dos preços nas 11 cidades pesquisadas pelo Índice FipeZap:

  Preço médio (R$/m²) Variação em junho Variação no 1º semestre Variação em 12 meses
São Paulo R$ 38,50 0,87% 4,74% 5,57%
Rio de Janeiro R$ 30,64 -0,08% 1,75% -1,32%
Brasília R$ 28,95 0,07% 7,16% 7,74%
Recife R$ 27,74 -0,43% 2,40% 5,48%
Florianópolis R$ 25,22 1,27% 9,20% 11,88%
Porto Alegre R$ 23,05 0,57% 1,82% 2,10%
Salvador R$ 21,65 0,60% 1,58% 2,59%
Belo Horizonte R$ 21,49 -0,52% 1,62% 5,36%
Curitiba R$ 19,02 0,76% 5,84% 11,16%
Fortaleza R$ 16,63 0,86% 5,67% 4,30%
Goiânia R$ 16,54 0,65% 1,94% 1,69%

 

Retorno do investimento em imóveis

Em junho, o retorno médio daqueles que optaram por alugar seu imóvel foi de 4,6% em um ano, de acordo com o FipeZap, já ligeiramente acima do retorno de 4,43% registrado em 2018.

A rentabilidade do aluguel é uma maneira de comparar o retorno de quem investiu na compra e aluguel de um imóvel com os ganhos que poderia ter caso tivesse o mesmo dinheiro em outros investimentos.

A conta é feita por meio da divisão entre o preço médio de locação mensal e o preço médio de venda mensal. A taxa ao ano é obtida multiplicando-se o resultado por 12.

Apesar de estar crescendo, o retorno do aluguel de imóveis ainda está abaixo da taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,50% ao ano, o menor nível de sua história.

Como a Selic serve de referência para os investimentos de renda fixa no país, isso significa que ainda é possível encontrar outras opções de renda fixa no mercado financeiro mais atraentes do que o aluguel de imóveis.

 

Fonte: Exame


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

PLACA 0: pagamento do IPVA 2020 com desconto de 3% vence nesta quarta-feira, 22/1
há 9 horas atrás

PLACA 0: pagamento do IPVA 2020 com desconto de 3% vence nesta quarta-feira, 22/1

PLACA 0: pagamento do IPVA 2020 com desconto de 3% vence nesta quarta-feira, 22/1
Mega-Sena, concurso 2.226: ninguém acerta e prêmio acumula para R$ 35 milhões
há 9 horas atrás

Mega-Sena, concurso 2.226: ninguém acerta e prêmio acumula para R$ 35 milhões

Mega-Sena, concurso 2.226: ninguém acerta e prêmio acumula para R$ 35 milhões
Entenda como o estresse prejudica o coração
há 9 horas atrás

Entenda como o estresse prejudica o coração

Entenda como o estresse prejudica o coração
Biografia não-autorizada mostra Suzane von Richthofen como manipuladora e narcisista
há 9 horas atrás

Biografia não-autorizada mostra Suzane von Richthofen como manipuladora e narcisista

Biografia não-autorizada mostra Suzane von Richthofen como manipuladora e narcisista
Prazo para bloqueio de celular pirata após notificação pode cair de 75 para 15 dias, diz Anatel
há 9 horas atrás

Prazo para bloqueio de celular pirata após notificação pode cair de 75 para 15 dias, diz Anatel

Prazo para bloqueio de celular pirata após notificação pode cair de 75 para 15 dias, diz Anatel