Logo Portal Ternura
26/08 - IBITINGA-SP
° °

ARGENTINA: Resultado de eleições primárias surpreendeu tanto macristas quanto kirchneristas, avalia professor

O atual presidente Maurício Macri perdeu para a chapa de Cristina Kirchner e Alberto Fernandez por 10 pontos percentuais


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

A perda do atual presidente argentino Maurício Macri para a chapa de Alberto Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner, nas Primárias Abertas Simultâneas e Obrigatórias, que antecedem as eleições, foi uma "surpresa" para todo o eleitorado. Essa é a avaliação do especialista em relações internacionais da Universidade de Brasília (UnB), Carlos Eduardo Vidigal.

Nas primárias, Macri perdeu por quinze pontos percentuais, com 47% dos votos, enquanto Fernández levava 32% da preferência.

Para Vidigal, as chances de Macri conquistar novamente a presidência são poucas. “Mesmo que a gente considere, por exemplo, que o Roberto Lavagna ficou em terceiro lugar com 8%, os seus apoiadores majoritariamente votem no Macri no próximo, caso faça um acordo, e o Lavagna desista da candidatura, mesmo assim poderia ocorrer a vitória do Alberto Fernández no primeiro turno”, explica o especialista.

A reforma constitucional de 1995 da Argentina estabelece que caso algum candidato consiga 45% dos votos ou 40% com 10 pontos de vantagem sobre o segundo lugar, não é necessário ir para o segundo turno. Caso a chapa da candidata à vice-presidência Cristina Kirchner vença, a relação de Brasil e Argentina pode ser afetada.

“Uma eventual vitória dos kirchneristas pode ou não significar uma deterioração das relações bilaterais, mas de imediato, haveria uma quebra a partir de outubro, caso a vitória venha no segundo turno, na questão da Venezuela, por exemplo. Essa coordenação política que Bolsonaro e Macri, e o próprio Temer, no período anterior, fizeram, desaparece”, afirmou Vidigal.

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro comentou em um evento no Rio Grande do sul, que se a chapa de Fernández vencer, a Argentina caminhará para ser uma “Venezuela”. 

O primeiro turno das eleições na Argentina está marcado para o dia 27 de outubro.

 

Fonte: Agência do Rádio Brasileiro


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Fernanda Young: veja a repercussão da morte da escritora e atriz
há 9 horas atrás

Fernanda Young: veja a repercussão da morte da escritora e atriz

Fernanda Young: veja a repercussão da morte da escritora e atriz
Rodada do Brasileirão pode mudar liderança do campeonato
há 15 horas atrás

Rodada do Brasileirão pode mudar liderança do campeonato

Rodada do Brasileirão pode mudar liderança do campeonato
Cidades brasileiras têm atos em defesa da Amazônia
há 15 horas atrás

Cidades brasileiras têm atos em defesa da Amazônia

Cidades brasileiras têm atos em defesa da Amazônia
Secretários de Cultura de 22 estados assinam nota em “defesa” da Ancine
há 1 dia atrás

Secretários de Cultura de 22 estados assinam nota em “defesa” da Ancine

Secretários de Cultura de 22 estados assinam nota em “defesa” da Ancine
Com liberação de mais agrotóxicos, apicultores temem extermínio de abelhas
há 1 dia atrás

Com liberação de mais agrotóxicos, apicultores temem extermínio de abelhas

Com liberação de mais agrotóxicos, apicultores temem extermínio de abelhas