Candidatos negros e pardos devem ser minoria nas eleições deste ano, segundo dados preliminares do TSE

Além disso, número de candidaturas teve baixo crescimento entre 2016 e 2020.

Compartilhe:


Foto: Reprodução/José Cruz/Agência Brasil
 

Dados preliminares sobre o perfil dos candidatos nas eleições municipais deste ano sugerem que o total de negros e pardos podem diminuir em comparação ao pleito de 2016. O levantamento é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto nas eleições de 2016, negros e pardos totalizavam 47,76% dos postulantes, neste ano, por enquanto, esse percentual alcançou 41,03%. 

O número deve sofrer alguma modificação, já que termina às 19h do próximo sábado (26), o prazo para que partidos políticos e coligações enviem o requerimento de registros de candidatos. 

Na última quarta-feira (23), dirigentes partidários, em reunião com o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, reclamaram da regra de distribuição proporcional de recursos de campanha entre candidatos negros e brancos. Segundo eles, não há tempo hábil para implementação da medida já neste ano.

Barroso tem sido um defensor enfático da divisão igualitária de recursos e fez um discurso contundente sobre o tema quando o TSE deliberou a matéria, em agosto deste ano. “Há momentos na vida em que cada um precisa escolher de que lado da história está. Hoje, nós do TSE estamos do lado dos que combatem o racismo. Estamos ao lado de quem quer escrever a história do Brasil com tintas de todas as cores." 

A norma, que segundo determinação do TSE deveria começar a valer em 2022, será obrigatória a partir das eleições deste ano. Isso ocorrerá por conta de uma liminar expedida no começo do mês pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski obrigando a aplicação da regra neste ano. 

Gênero

No que diz respeito ao gênero, as mulheres continuarão a ser minoria nas eleições deste ano, apesar de uma leve melhora em quatro anos. Em 2016, elas representavam 31,9% dos concorrentes. Neste ano, segundo os dados preliminares, serão 33,1% do total de candidatos. 

Para Carlos Enrique Bastos, mestre e doutor em Direito Constitucional pela Universidade Complutense de Madrid, na Espanha, a determinação da Justiça Eleitoral de 2018 que obriga partidos a destinarem um percentual mínimo de 30% para candidaturas femininas foi bastante importante para aumentar o número de mulheres que concorrem a cargos políticos.

“Esse percentual de 30%, sem dúvida nenhuma, fez com que as candidaturas femininas pudessem contar com alguma viabilidade. Sem esse financiamento, possivelmente elas não alcançariam êxito [para se candidatarem].” 

Profissões

A ocupação de agricultor aparece em primeiro lugar no rol de profissões que mais aparecem entre os candidatos nas eleições deste ano, com 7,12% do total, seguida pelo cargo de servidor público municipal (34,29%), empresário (30,91%) e comerciante (27,58%). 


Arte: Reprodução/Brasil 61

 



Fonte: Brasil 61

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Nacional e Internacional

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Publicidade

Mais notícias sobre Nacional e Internacional

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Publicidade