Logo Portal Ternura
20/01 - IBITINGA-SP
° °

Caso Ágatha: Justiça torna réu e afasta PM acusado de ter matado a menina

Segundo a decisão, morte aconteceu por 'erro no uso dos meios de execução' de Rodrigo José de Matos Soares. Justiça determinou que policial não saia do estado e devolva a arma.


A Justiça do RJ aceitou a denúncia do Ministério Público (MPRJ) contra o policial militar Rodrigo José de Matos Soares, acusado de ter disparado o tiro que matou a menina Ágatha Vitória Sales Félix, de 8 anos, no Complexo do Alemão, em setembro.

Agora, Rodrigo é considerado réu na ação, que corre na 1ª Vara Criminal.

Na decisão, da última quinta-feira (5), a juíza Viviane Ramos Faria determina ainda que o porte de arma de fogo de Rodrigo seja cassado e que o policial não exerça atividades de policiamento ostensivo até o fim do processo.

A decisão também proíbe que o PM saia do Rio de Janeiro nesse período.

Segundo a decisão, Ágatha morreu "por erro no uso dos meios de execução por parte do policial militar Rodrigo José de Matos Soares". A juíza afirmou ainda que, segundo testemunhas, não havia confronto na região onde a menina foi baleada, enfraquecendo a versão dos policiais de legítima defesa.

A trajetória da bala de fuzil que atingiu Ágatha também é descrita na decisão e condiz com o que foi dito pela polícia ao G1 um mês antes da conclusão do inquérito.

"O fragmento que atingiu a vítima foi disparado de baseamento da Polícia Militar em direção a um poste de concreto, que se fragmentou, e um dos fragmentos ricocheteou em sentido descendente e atingiu a base do porta-malas da Kombi, o qual ricocheteou novamente, atravessando o banco traseiro, atingindo fatalmente a vítima."

Por G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Justiça de MG dá aval para que goleiro Bruno Fernandes more em MT e trabalhe em time de futebol
há 2 horas atrás

Justiça de MG dá aval para que goleiro Bruno Fernandes more em MT e trabalhe em time de futebol

Justiça de MG dá aval para que goleiro Bruno Fernandes more em MT e trabalhe em time de futebol
Incêndios na Austrália ameaçam futuro de 327 espécies de animais e plantas
há 2 horas atrás

Incêndios na Austrália ameaçam futuro de 327 espécies de animais e plantas

Incêndios na Austrália ameaçam futuro de 327 espécies de animais e plantas
Oito das 15 mortes por sarampo registradas no país foram entre crianças menores de cinco anos
há 4 horas atrás

Oito das 15 mortes por sarampo registradas no país foram entre crianças menores de cinco anos

Oito das 15 mortes por sarampo registradas no país foram entre crianças menores de cinco anos
Assassinatos têm queda de 21% em 2019, aponta Ministério da Justiça
há 4 horas atrás

Assassinatos têm queda de 21% em 2019, aponta Ministério da Justiça

Assassinatos têm queda de 21% em 2019, aponta Ministério da Justiça
CPI da Fake News enviará à PF números que dispararam mensagens mentirosas nas eleições
há 4 horas atrás

CPI da Fake News enviará à PF números que dispararam mensagens mentirosas nas eleições

CPI da Fake News enviará à PF números que dispararam mensagens mentirosas nas eleições