China diz que OMS aprovou uso emergencial de vacina contra coronavírus

País lançou programa emergencial em julho.

Compartilhe:

Por Reuters - Pequim
Reuters


Foto: Reprodução/Thomas Peter/Reuters
 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse à China que apoia e compreende que o país inicie a administração de vacinas contra coronavírus experimentais enquanto os testes clínicos ainda estão em andamento, disse uma autoridade de saúde chinesa nesta sexta-feira (25).

A China fez contato com a OMS no final de junho e lançou seu programa emergencial em julho, de acordo com Zheng Zhongwei, autoridade da Comissão Nacional de Saúde do país.

Centenas de milhares de trabalhadores essenciais e outros grupos limitados de pessoas que se consideram correrem risco alto de infecção receberam a vacina, embora sua eficácia e segurança ainda não tenham sido plenamente estabelecidas, já que os testes clínicos de estágio avançado estão incompletos.

“No final de junho, o Conselho de Estado da China aprovou o plano de um programa de uso emergencial de vacina contra coronavírus”, disse Zheng em uma coletiva de imprensa.

“Após a aprovação, em 29 de junho, fizemos contato com os representantes relevantes do escritório da OMS na China e obtivemos apoio e compreensão da OMS”, disse.

O representante da OMS na China não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

A cientista-chefe da agência, Soumya Swaminathan, disse em Genebra neste mês que autoridades reguladoras nacionais podem aprovar o uso de produtos médicos em suas próprias jurisdições na situação atual de emergência, mas descreveu a medida como uma “solução temporária”.

A solução de longo prazo está na conclusão dos testes de estágio avançado, disse a autoridade da OMS.

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Nacional e Internacional

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Publicidade

Mais notícias sobre Nacional e Internacional

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Investimento em educação desafia prefeitos em final de mandato

Publicidade