Logo Portal Ternura
16/09 - IBITINGA-SP
° °

Funcionários dos Correios entram em greve

Categoria quer impedir a redução dos salários e de benefícios, e é contra a privatização da estatal.


Os funcionários dos Correios entraram em greve geral por tempo indeterminado. A greve foi decretada na noite de terça-feira (10) em assembleias realizadas em diferentes estados do país.

A categoria quer impedir a redução dos salários e de benefícios, e é contra a privatização da estatal, que foi incluída no mês passado no programa de privatizações do governo Bolsonaro.

O reajuste salarial de 0,8% é um dos principais pontos reclamados pela categoria. No entanto, os trabalhadores querem também a reconsideração quanto a retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios.

"A decisão foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família", afirmou em nota a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect).

Em nota em sua página na internet, a federação informou que a greve foi decretada em São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Maranhão e na maioria dos estados do país.

G1 procurou os Correios e aguarda o posicionamento da estatal sobre a paralisação.

 

Rio de Janeiro

 

Na capital fluminense, funcionários dos Correios do Rio fazem uma manifestação nesta quarta-feira (11), na porta do Centro de Tratamento de Encomendas em Benfica, na Zona Norte.

Policiais militares do 22º batalhão (Maré) acompanham o protesto e tentam impedir que os manifestantes interditem o trânsito na Rua Leopoldo Bulhões, em frente ao Centro de Distribuição. Os grevistas já atravessaram os caminhões na via para impedir a entrada e saída de encomendas.

Servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve após assembleia geral — Foto: Divulgação / Sintect-MA
Servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve após assembleia geral — Foto: Divulgação / Sintect-MA

 

Maranhão

 

Em São Luís, os servidores dos Correios aprovaram a greve em assembleia geral realizada na sede administrativa do sindicato da categoria (SINTECT-MA), no bairro Radional, em São Luís.

Como parte do movimento grevista, o sindicato anunciou um seminário das 8h30 as 16h desta quarta-feira na sede do Sindicato dos Bancários, na Rua do Sol, no Centro de São Luís. O assunto em destaque será sobre a possibilidade de privatização da empresa.

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Vestibular 2020: veja o calendário de inscrições e provas em São Paulo
há 18 horas atrás

Vestibular 2020: veja o calendário de inscrições e provas em São Paulo

Vestibular 2020: veja o calendário de inscrições e provas em São Paulo
Polícia usa canhão de água e gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes em Hong Kong
há 18 horas atrás

Polícia usa canhão de água e gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes em Hong Kong

Polícia usa canhão de água e gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes em Hong Kong
Novo governo da Itália autoriza desembarque de 82 imigrantes
há 18 horas atrás

Novo governo da Itália autoriza desembarque de 82 imigrantes

Novo governo da Itália autoriza desembarque de 82 imigrantes
Abuso de autoridade: dividido, Senado será decisivo para manter ou derrubar vetos de Bolsonaro
há 19 horas atrás

Abuso de autoridade: dividido, Senado será decisivo para manter ou derrubar vetos de Bolsonaro

Abuso de autoridade: dividido, Senado será decisivo para manter ou derrubar vetos de Bolsonaro
Rainha da Suécia relembra infância no interior de SP
há 19 horas atrás

Rainha da Suécia relembra infância no interior de SP

Rainha da Suécia relembra infância no interior de SP