Logo Portal Ternura
20/01 - IBITINGA-SP
° °

Há 39 anos, John Lennon era assassinado por um fã

Lennon saiu dos Beatles e gravou canções engajadas. Mas foi assassinado quando a única paz que buscava era a de ser um homem comum


Em julho de 1971, o músico inglês John Lennon e sua esposa, a artista plástica japonesa Yoko Ono, resolveram fazer uma canção de Natal enquanto tomavam café da manhã em Nova York. Eles queriam que a letra incitasse o ouvinte a fazer alguma coisa pela paz, pois a sangrenta guerra do Vietnã estava em curso.

Em questão de minutos, os versos foram ficando prontos, começando com “Então é Natal/ E o que você fez?” Depois de deixar a canção de lado por meses, Lennon resolveu gravá-la em novembro.

Embora o tempo fosse curto demais, pressionou a gravadora para lançá-la antes do Natal. Conseguiu. Mas, devido à divulgação insuficiente, o single alcançou pouco mais do que o 40º lugar das paradas de sucesso. Seu nome era Happy Xmas (The War is Over) – algo como “Feliz Natal (A Guerra Acabou)”.

Nove anos depois, em 8 de dezembro de 1980, Lennon estava chegando a seu prédio quando ouviu um homem chamá-lo. Antes que o músico terminasse de se virar para olhar, o segurança desempregado Mark Chapman o atingiu com quatro tiros de revólver. Lennon faleceu a caminho do hospital.

Sua morte chocou a geração que havia começado ouvindo Beatles, passado pelo desbunde do amor livre e, depois, se engajado em movimentos pela paz e respeito aos direitos humanos.

Nas multidões que logo se formaram para prestar homenagem a Lennon, canções pacifistas de sua autoria eram entoadas em coro. E, no próprio Natal de 1980, Happy Xmas (The War is Over) atingiu o número 1 nas paradas da Inglaterra.

Em 1983, faria estrondoso sucesso nos Estados Unidos e, até hoje, é presença certa na programação de fim de ano das rádios.

Cantor ativista

Esse clamor tardio pela paz não deixa de ser irônico. Desde meados dos anos 70, o compositor já tinha parado de ir a manifestações ou gravar canções de protesto. Nos seus últimos anos, Lennon esteve mais preocupado em curtir a família.

Por Aventuras na História


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Justiça de MG dá aval para que goleiro Bruno Fernandes more em MT e trabalhe em time de futebol
há 1 hora atrás

Justiça de MG dá aval para que goleiro Bruno Fernandes more em MT e trabalhe em time de futebol

Justiça de MG dá aval para que goleiro Bruno Fernandes more em MT e trabalhe em time de futebol
Incêndios na Austrália ameaçam futuro de 327 espécies de animais e plantas
há 1 hora atrás

Incêndios na Austrália ameaçam futuro de 327 espécies de animais e plantas

Incêndios na Austrália ameaçam futuro de 327 espécies de animais e plantas
Oito das 15 mortes por sarampo registradas no país foram entre crianças menores de cinco anos
há 3 horas atrás

Oito das 15 mortes por sarampo registradas no país foram entre crianças menores de cinco anos

Oito das 15 mortes por sarampo registradas no país foram entre crianças menores de cinco anos
Assassinatos têm queda de 21% em 2019, aponta Ministério da Justiça
há 3 horas atrás

Assassinatos têm queda de 21% em 2019, aponta Ministério da Justiça

Assassinatos têm queda de 21% em 2019, aponta Ministério da Justiça
CPI da Fake News enviará à PF números que dispararam mensagens mentirosas nas eleições
há 3 horas atrás

CPI da Fake News enviará à PF números que dispararam mensagens mentirosas nas eleições

CPI da Fake News enviará à PF números que dispararam mensagens mentirosas nas eleições