Logo Portal Ternura
18/02 - IBITINGA-SP
° °

MPF recomenda que recurso de Lula contra condenação pelo caso do sítio de Atibaia seja negado

No ano passado, ex-presidente foi condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro. Defesa recorreu.



Foto: Reprodução

 

O Ministério Público Federal recomendou que o recurso de embargo de declaração apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja negado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Lula foi condenado a 17 anos, 1 mês e 10 dias em novembro do ano passado na segunda instância pelo caso do sítio de Atibaia, processo no âmbito da Lava Jato.

No mês seguinte, a defesa protocolou recurso de embargos de declaração. Relator da Lava Jato no TRF-4, o desembargador federal João Pedro Gebran Neto, pediu parecer do MPF, que foi anexado aos autos nesta terça-feira (21). O julgamento do embargo ainda não tem data.

No recurso, a defesa do ex-presidente apontou 54 omissões, 11 contradições e 37 obscuridades na decisão do TRF-4. Entre elas, diz que o acórdão:

 

  • deixou de considerar o questionamento sobre a competência da Justiça Federal;
  • ausência de adequado enfrentamento quanto à perda de imparcialidade da magistrada Gabriela Hardt;
  • omissões sobre as suspeições dos procuradores da República e dos desembargadores João Pedro Gebran Neto e Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz;
  • omissão quanto à prescrição dos crimes de corrupção.

 

Para o MPF, todos os pontos do recurso devem ser negados. No despacho, o procurador geral da República Maurício Gotardo Gerum afirma que o acórdão não deixa dúvidas de que Lula era "destinatário e partícipe ativo da ocultação e dissimulação dos valores utilizados pela Odebrecht na reforma do sítio".

"A dificuldade que a defesa tem em identificar a caracterização do crime e participação de Lula decorre de convicções próprias", complementa Gerum. As apelações dos demais condenados pelo caso também devem ser desprovidas, conforme o MPF. Confira abaixo a lista de condenados.

G1 entrou em contato com a defesa de Lula, e até a publicação dessa matéria, não havia dado retorno.

 

Relembre o caso

 

Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em primeira instância, na Justiça Federal de Curitiba, pelo caso do sítio de Atibaia. O processo é originado na Operação Lava Jato. No recurso de apelação, julgado pelo TRF-4, teve a pena aumentada para 17 anos, 1 mês e 10 dias.

Conforme a denúncia, o ex-presidente recebeu propina do Grupo Schain, por intermédio de José Carlos Bumlai, e das empreiteiras OAS a Odebrecht.

Parte dos pagamentos, segundo o MPF, foi feita por meio da reforma e da decoração no sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), que o ex-presidente frequentava com a família.

Ao todo, os pagamentos de propina somariam R$ 128 milhões da Odebrecht e outros R$ 27 milhões da OAS.

O valor gasto com a reforma do sítio foi de R$ 1,02 milhão, de acordo com o MPF. Ainda segundo a denúncia, R$ 870 mil foram repassados por OAS e Odebrecht, enquanto outros R$ 150 mil foram repassados pela Schain por intermédio de Bumlai.

Segundo o MPF, Lula ajudou as empreiteiras ao manter nos cargos os ex-executivos da Petrobras Renato Duque, Paulo Roberto Costa, Jorge Zelada, Nestor Cerveró e Pedro Barusco, que comandaram boa parte dos esquemas fraudulentos descobertos pela Lava Jato entre empreiteiras e a estatal.

O caso do sítio foi o segundo processo de Lula a ser julgado na Justiça Federal após a Lava Jato. Na primeira condenação, pelo caso do Triplex do Guarujá, o ex-presidente foi condenado e chegou a cumprir pena, mas foi liberado em novembro de 2019.

 

Outros condenados na ação:

 

  • Emílio Odebrecht: pena de 3 anos e 3 meses de reclusão
  • Carlos Armando Guedes Paschoal: pena de 2 anos de reclusão
  • José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro: pena de 1 ano e 1 mês, em regime inicial semiaberto
  • Fernando Bittar: pena de 6 anos, em regime inicial semiaberto

 

Fonte: G1


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
criar um comentário

Nacional e Internacional

mais notícias

Enterro ecológico diminui impacto ambiental causado pela morte
há 13 horas atrás

Enterro ecológico diminui impacto ambiental causado pela morte

Enterro ecológico diminui impacto ambiental causado pela morte
Diretor de hospital em Wuhan morre em decorrência da covid-19
há 13 horas atrás

Diretor de hospital em Wuhan morre em decorrência da covid-19

Diretor de hospital em Wuhan morre em decorrência da covid-19
13º do Bolsa Família (e tributação de fundos) volta à pauta no Congresso
há 13 horas atrás

13º do Bolsa Família (e tributação de fundos) volta à pauta no Congresso

13º do Bolsa Família (e tributação de fundos) volta à pauta no Congresso
Operação combate pornografia infantil no Brasil e em mais quatro países
há 14 horas atrás

Operação combate pornografia infantil no Brasil e em mais quatro países

Operação combate pornografia infantil no Brasil e em mais quatro países
China acelera medidas econômicas contra impacto do coronavírus
há 1 dia atrás

China acelera medidas econômicas contra impacto do coronavírus

China acelera medidas econômicas contra impacto do coronavírus