Polícia prende suspeitos de matar homem encontrado com ferimentos na cabeça em Reginópolis

Companheira da vítima e homem com quem ela mantinha relacionamento amoroso foram presos no sábado (24). Filha da mulher também foi detida temporariamente.

Compartilhe:

Suspeito apontou à polícia local onde deixou chave de grifo utilizada no crime em Reginópolis — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Suspeito apontou à polícia local onde deixou chave de grifo utilizada no crime em Reginópolis — Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

A Polícia Civil prendeu no sábado (24) três pessoas suspeitas de envolvimento em um homicídio ocorrido há dois meses em Reginópolis (SP). No dia 9 de agosto, um homem de 43 anos foi encontrado morto com graves ferimentos na cabeça em sua chácara, na área rural da cidade.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na época, Cláudio Fernandes de Oliveira foi localizado pela companheira e pela filha dela caído no chão do quarto dele.

Segundo a polícia, havia sangue ao redor da cabeça da vítima e o cômodo estava desarrumado, com gavetas reviradas e roupas pelo chão.

O delegado responsável pelo caso, Roberval Antônio Fabbro, informou que a polícia colheu depoimentos das testemunhas. No entanto, a companheira de Cláudio, de 46 anos, apresentou versões contraditórias sobre onde estava entre a noite do dia 8 e a manhã do dia 9 de agosto. As histórias também foram derrubadas após análise de câmeras de segurança.

"Com base nisso, solicitamos autorização judicial para interceptação telefônica e conseguimos apurar que, nos dias que antecederam o homicídio, ela mantinha frequentes contatos com um telefone de São Paulo e identificamos que o aparelho estava registrado no nome de um indivíduo que nasceu na mesma cidade que ela, no nordeste", conta Fabbro.

Na sequência, de acordo com o delegado, a polícia descobriu que um dos suspeitos, de 41 anos, mantinha um relacionamento amoroso com a companheira de Cláudio e que ele esteve em Reginópolis na noite do crime.

Segundo Fabbro, um motorista de aplicativo prestou depoimento e relatou ter levado o casal da rodoviária até a chácara onde a vítima foi morta.

 

Prisão

Ainda de acordo com a polícia, as equipes descobriram que o suspeito estaria em Lins no sábado (24) para se encontrar com a mulher e, em uma operação conjunta das polícias Civil de Lins e Reginópolis, foram cumpridos os mandados de prisão temporária contra os dois suspeitos.

O delegado informou que o homem de 41 anos confessou o homicídio, alegando legítima defesa, e apontou o local onde havia escondido a chave de grifo utilizada para matar Cláudio com pancadas na cabeça.

A arma foi apreendida pela polícia em uma rotatória da Rodovia Hilário Spuri Jorge, próxima à chácara em Reginópolis.

Chave de grifo utilizada para matar homem em Reginópolis foi apreendida pela polícia — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Chave de grifo utilizada para matar homem em Reginópolis foi apreendida pela polícia — Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

Segundo a polícia, a filha da suspeita e enteada da vítima, de 23 anos, também foi presa temporariamente no sábado com o objetivo de fortalecer as investigações, já que as suspeitas negam participação dela no crime.

Conforme informou o delegado, a polícia trabalha com a hipótese de que os suspeitos tinham interesse no patrimônio de Cláudio, que possuía a chácara, um carro e três casas de aluguel. Segundo a polícia, o suspeito tinha planos de ir morar com a companheira em Reginópolis.

"A filha foi presa temporariamente também, porque nos leva a pensar que ela tinha conhecimento do crime e que seria beneficiada por esse patrimônio", explica o delegado.

Fabbro informou que, a partir de agora, as investigações continuam e que serão feitos exames de DNA com as amostras biológicas colhidas na vítima no dia do crime para pedir a prisão preventiva dos suspeitos, que foram levados a cadeias da região.

 

 

Fonte: G1

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu precisa de doações

Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu precisa de doações

Polícia prende idoso suspeito de pedofilia que foi flagrado com crianças em rancho no interior de SP

Polícia prende idoso suspeito de pedofilia que foi flagrado com crianças em rancho no interior de SP

É de Ribeirão: novo milionário da Mega-Sena

É de Ribeirão: novo milionário da Mega-Sena

Polícia Rodoviária apreende 148 celulares e 500 pendrives na SP-330 em Pirassununga

Polícia Rodoviária apreende 148 celulares e 500 pendrives na SP-330 em Pirassununga

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu precisa de doações

Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu precisa de doações

Polícia prende idoso suspeito de pedofilia que foi flagrado com crianças em rancho no interior de SP

Polícia prende idoso suspeito de pedofilia que foi flagrado com crianças em rancho no interior de SP

É de Ribeirão: novo milionário da Mega-Sena

É de Ribeirão: novo milionário da Mega-Sena

Polícia Rodoviária apreende 148 celulares e 500 pendrives na SP-330 em Pirassununga

Polícia Rodoviária apreende 148 celulares e 500 pendrives na SP-330 em Pirassununga

Publicidade